Tudo Bahia
Portal de Notícias

Caixa Tem poderá oferecer empréstimos de até R$ 300!

A Caixa Econômica Federal pretende ampliar os serviços e o aplicativo Caixa Tem poderá oferecer empréstimos, seguros e cartões. Assim, a plataforma pode se transformar em um banco digital para pessoas de baixa renda.

Atualmente, o aplicativo pode ser utilizado para efetuar o pagamento do auxílio emergencial, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 1.045 e do Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEM).

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, foram criadas 90 milhões de poupanças sociais digitais gratuitas em 2020 para o pagamento de benefícios sociais. Por isso, o objetivo é continuar ofertando serviços após a pandemia às populações de baixa renda.

Caixa Tem poderá oferecer empréstimos e outros serviços!

A iniciativa é de que o Caixa Tem poderá oferecer empréstimos de R$ 100, R$ 200 ou R$ 300, de forma rápida, para os brasileiros que recebem o auxílio emergencial. A opção de microcrédito já está sendo finalizada.

Porém, com relação às ofertas de seguro e cartões, as informações ainda não foram divulgadas.

De acordo com Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, o Caixa Tem será o banco digital para o cidadão de baixa renda. Sendo, inclusive, uma alternativa para o próprio Bolsa Família, em que o pagamento é realizado atualmente apenas de forma presencial. “Todos os produtos serão mantidos. Todos os produtos gratuitos continuarão gratuitos. E faremos mais,” comentou.

Auxílio emergencial

Este auxílio foi concedido pelo Governo Federal e é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, com objetivo de fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

Inicialmente, as parcelas pagas eram no valor de R$ 600,00 (até duas pessoas da mesma família) e em caso de mulher que é a única responsável pelas despesas, o valor era de R$ 1.200,00.

As parcelas do auxílio emergencial, agora de R$ 300, serão pagas até dezembro de 2020.

Bolsonaro fala sobre fim do Auxílio emergencial

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reforçou, por meio de suas redes sociais, que o benefício teria prazo de validade. “O Auxílio Emergencial, infelizmente para os demagogos e comunistas, não pode ser para sempre”, publicou em sua conta no Facebook.

Ainda de acordo com ele, a situação econômica dos brasileiros é preocupante “temos milhões de brasileiros que perderam seus empregos ou rendas e deixarão de receber o auxílio emergencial a partir de janeiro/2021”, alertou.

LEIA TAMBÉM

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. AceitarLer mais